Homo s. s. Consumericus / Tecnologicus

A Enciclopédia Britannica explica-nos que actualmente a subespécie amplamente aceite de Homo Sapiens é o Homo Sapiens Sapiens e informa também que ao não terem encontrado, até agora, fósseis com características suficientemente distintas para justificar a criação de uma nova espécie, o Homo Idàltu (crânios com 160 mil anos encontrados perto de Herto, Etiópia) não pode ser considerado subespécie do Homo Sapiens. Creio que, daqui a 160 mil anos, os pesquisadores não terão dificuldade em criar as subespécies Homo s. s. Consumericus e Homo s. s. Tecnologicus, tais as diferenças encontradas.

Numa consulta que fiz ao “Oráculo da Pedra da Mua”, disse-me a Sibila de serviço que, apesar das diferenças entre os crânios, os pesquisadores irão reparar numa característica comum que os diferencia dos outros. Após análise aprofundada suportada pela mais avançada tecnologia que dispõem, irão concluir que são crânios de Artistas.

Please follow and like us:

Artigos Recomendados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Facebook
Instagram