Showing: 1 - 10 of 21 RESULTS

ÍTACA

Parte de poema de Konstantínos Kaváfis (Alexandria 29/04/1863 – Alexandria 29/04/1933) que nos faz compreender que não é a meta que conta, mas a viagem que temos que fazer para lá chegar.

DISCURSO SOBRE A DIGNIDADE DO HOMEM

Naquele tempo estava fora de questão pensar que o homem não fora feito por Deus e à sua semelhança. Assim, Giovanni Pico, dando asas à sua imaginação, coloca Deus a dizer a Adão após o ter criado:
– “Coloquei-te no meio do mundo para que daí possas olhar melhor tudo o que há no mundo. Não te fiz celeste nem terreno, nem mortal nem imortal, a fim de que tu,…

AINDA SOBRE ASSOCIATIVISMO

Não há forma de travar o processo, há forma de o desacelerar, de reduzir a velocidade de progressão. Não há receitas, a família tem que ser a catalisadora de vontades e protectora dos seus membros; no associativismo encontramos força suficiente para tal, associativismo sindical como forma de encurtar a distância entre empregados e empregadores, associações de consumidores como defensores do bem estar dos fregueses. Antes de escrever sobre a arte e o associativismo permitam-me que lhes diga que, actualmente, por exemplo, os preços dos quadros de Van Gogh nada têm a ver com a arte em si, tem a ver com a reserva de capital que eles significam. Posso ser cego, compro um quadro por saber que é único, que renderá mais que o mesmo valor em acções de empresas, mesmo daqueles que se pensam ser sólidas económica e financeiramente falando. Assim, se nos outros sectores o associativismo é necessário, nas artes, ainda o é muito mais, o capital não reconhece o papel da Arte na evolução da humanidade, só nos associando conseguiremos que os direitos básicos sejam assegurados e possamos, depois, através das nossas capacidades criativas e de esforço alcandorar ao estádio almejado….

SPQR (Senatus PopulusQue Romanus) IV

Maioritariamente de cariz grego que na altura era a a província romana Acaia.
Contrariamente ao que possamos pensar os romanos até ao século III a. C. não tinham mapas. Eis um dos grandes mistérios da história, como é que povos antes da cartografia concebiam o mundo à sua volta, ou simplesmente o que avistavam.

Facebook
Instagram